Blog

Conheci o Syd Brito alguns anos atrás, entre conversas longas sobre poesia, arte, cinema e cultura pop. Um cara de inteligência despretensiosa e de sensibilidade aguçada. De cara, me chamaram a atenção as fotografias que ele fazia com nada mais do que um smartphone: eram flores, gatos e selfies capturados de forma criativa, exibindo cores…

Leia mais

Jimi Hendrix não foi apenas um músico revolucionário, foi um tipo de xamã. Hendrix encarnou algo mais profundo que o – já absurdamente profundo – amor pela música: ele encarnou a fé na Música. Não uma fé dogmática. Não a fé excruciante dos que gozam com a abnegação. Não a fé sacrificial dos mártires cujo…

Leia mais

Num texto tocante, Suely Rolnik fala sobre sua experiência de reinvenção de si, depois de absorver no corpo a violência brutal da Ditadura brasileira. Ela conta sobre como todo um processo de cura, de produção, de invenção se condensou em uma nota de uma canção de Gal Costa que ela emitiu em uma aula de…

Leia mais

Você não sabe de que universo as mulheres vêm – você apenas aceita que elas façam contato imediato. E é disso que esse poema trata. Se eu tivesse de escrever um prefácio a este livro fisiológico, seriam essas as minhas palavras de abertura. Baixe o eBook aqui É um livro ventre – ventre-livro – e…

Leia mais

A música é a arte original: das entranhas da música nasceram siameses o teatro e a poesia – nasceram mágicos, nasceram místicos, nasceram como forma de comunicação não dos homens com os deuses, mas dos deuses com os homens. Música, poesia e teatro são formas ancestrais de arte que guardam até hoje, apesar de toda…

Leia mais

Soa um acorde pelo ar,O primeiro verso da canção.Luzes do palco a me cegar,Luzes que faiscam no salão,Sou sombra e sou música a vibrar.Você é brilho e mágica a refletir.Minha voz arranha sua peleSeus olhos deslizam em mim.Pupila rouca, cristais no somEu sou a harpa, você é o arpão. Faço a guitarra recitarpoemas de fúria…

Leia mais

A poesia elétrica – métrica! – rústica e drástica – é a forma crua e rua da expressão ilógica dos fantaxmas. Poema de corrente contínua – alternada corrente de impiedade: fluxo de elétrons e afetos e de ondas mecânicas de som. A velocidade da luz versus a velocidade do silêncio. Quanto mais antigas são as…

Leia mais

Banda CasinoQuebec em ensaio aberto na Praça da Chapada.

Leia mais

53/53