Tag de arquivos: arte

Isaac – corpo e linguagem como manifesto Comunicar pensamento sem cair no exoterismo nem se render à mediocridade – eis o desafio do artista. Eu não tenho respostas – faço apostas. E perco, quase sempre perco, perco muito e perco feio,. Mas nem por isso abandono o tabuleiro. Minhas apostas: a multiplicidade dos cavalos, e…

Leia mais

Poema: Renato Meneses / Painel, música, voz e vídeo: Isaac) Dai atenção ao apocalipse/dai atenção ao apocalipse. Dai atenção ao apocalipse/dai atenção ao apocalipse. Das profundezas do inferno O porco chauvinista está no planalto Ele vem bufando com fogo nas narinas Atentai ao apocalipse/ atentai ao apocalipse São pra mais de trezentas mil mortes De…

Leia mais

Músico de competência duvidosa e cronista nonsense de Facebook, eu também sou poeta de folhas soltas, versos avulsos e imagens repetidas. De todas as 9.432 habilidades inúteis e não muito bem desenvolvidas que tenho, a versartesania é aquela em que sou mais imberbe. Apesar disso – ou talvez justamente por – faço do meu verbo…

Leia mais

Sempre fui daqueles que escrevem com fogo, ignorando o risco da queimadura. Não considero palavras morais nem imorais, sagradas ou profanas, corretas ou erradas – palavras são palavras, ou seja, puras arbitrariedades. Meu papel é montá-las – no sentido de juntar peças, mas também no sentido de cavalgar (com todas as conotações sexuais que essa…

Leia mais

Arte é trabalho – não é trabalho a determinação de um ser humano a inventar alegrias para os outros? Não é trabalho o trabalho de decodificar os sonhos e decompor o real? Não é trabalho o cuidado de traduzir o inefável, de acender estrelas, de fazer a toalete de deus?

Leia mais

O estilo é a resposta: anotações sobre uma estética da existência. Isaac Souza fala sobre o absurdo da vida e como a arte e um viver com arte podem ser saídas possíveis.

Leia mais

Não tenho ideia de quem irá ler isso, mas convido para estar conosco por algumas horas. Quinta-feira, 23 de abril de 2020, vamos realizar uma transmissão ao vivo no YouTube, ás 20 horas.
#FiqueEmCasaComCasinoQuebec.

Peço que você que leu essa mensagem esteja conosco.

http://bit.ly/casinoquebec-assinar

Leia mais

Ninfa do brejo dourado,Boneca de buriti;Amor, utopia, pecado– beleza de um mundo por vir. Dá-nos teu peito e teu canto,Profana donzela. Anjo rebelde vestidoCom as cores do arco do céu,Por sol e poeira polido,Montado em fogoso corcel Dá-nos teu peito e teu canto,Selvagem gazela. Corpo que é terra molhada,Carta de navegação,Pedra de sangue entalhada– território…

Leia mais

Então, a arte é uma contracultura – essa sensibilidade estética a que se refere Guattari – é o que entendo ser a arte. Máquina de guerra, a arte rompe o pacto da normalidade, o pacto da mediocridade: ela viola os acordos territoriais das identidades fixas e eclode como força do caos em meio ao cosmo.…

Leia mais

9/9