Tag: prosa

A menina da crisálida

Naqueles tempos, o velho compositor ainda não tinha visto desbotar da barba de prata o efêmero banho dourado da juventude – e qualquer coisa de cobre lhe saia dos cabelos se se lhe olhasse a certa hora do dia, sob certo ângulo em relação ao sol. Manhã ou tarde do quarto ou do terceiro dia, quando tateava a esmo, mesmo por ensaio, de tão certo que estava de um dia perder a visão, ele tocou com os dedos de fazer acordes uma meninazinha pequena e rechonchuda – tão pequena que vivia numa pequena crisálida – e por ela se apaixonou. Sem ter lido jamais Ovídio e por haver vivido sempre nas folhas colapsadas de tristes jardins baldios, ela era inocente […]

LEIA